sábado, 2 de julho de 2011

Começou!

O primeiro dia de competição do FAC-GOL 1/2011 deixou a maioria dos jogadores estupefatos com a triste notícia de que o tradicionalíssimo Laranja Mecânica não participaria desta edição. Com isso pelo segundo campeonato seguido, o SUPERCLÁSSICO contra os Amigos do Tirão não pôde ser realizado. Mas ainda assim, um dos refundadores do futebol moderno na FAC, Nick, conseguiu jogar. Primeiramente, chegou a completar o TÍmido Suquinho (de Laranja), mas depois se encaixou de vez na retaguarda dos Cuecas (Alaranjadas), que sob o desnudo comando de Preto realizaram uma campanha de gala, mesmo em trajes menores.

O noticiário do torneio foi ficando mais positivo ao longo do dia, com a inédita aprovação - praticamente unânime - do novo árbitro do FAC-GOL. Talvez por aquela cara de homem-bomba afegão, ou mesmo pela dificuldade dos atletas em chamarem seu nome, Kenisson Ramil conseguiu apitar durante mais de sete horas sem virar alvo de nenhuma grande polêmica. Heróico!

Mas se faltou polêmica na arbitragem, a desconfiança dessa vez recaiu sobre o Barcelombra, suspeito de ter inscrito um goleiro irregularmente. Estudante de veterinária e com grande perícia em agarrar bolas (suínas, bonivas e caprinas), o goleiro foi de extrema valia na campanha vitoriosa do time na primeira fase. Tanto que sem ele, os calouros organizacionais perderam para o Sassaricando na estreia no grupo da morte. Os atletas da equipe juraram ser ele um ex-aluno da FAC, mas assumiram um risco enorme por uma eventual mentira. Será mesmo ele um ex-faquiano? Descobre!

O primeiro dia de FAC-GOL também marcou a estreia do ex-campeão, ex-artilheiro e ex-comungado Byll, pelo Barriga de Chopp. Os atuais campeões do FAC-GOL abusaram do poder econômico, e com estrelas do naipe de Ramirez, Nando e Canadá lideraram o "grupo da morte". Mas eles podem ter sido alvo da maldição do mercenário Byll. Todos os times que contaram com ele em suas fileiras não puderam disputar os campeonatos seguintes. SeleFAC, Red Bull All-Stars, Selebaixos e Laranja Mecânica já sucumbiram à praga.

Mais uma vez, los cabrones do Chicos demonstraram que já faz tempo que são eles que mandam no clássico contra os Ornitorrincos. Mas o destaque do Grupo B foi a campanha vitoriosa do Agrocom (eita nomezinho fuleiro), que com o apelo calourístico de Justin Bieber e seus asseclas ganharam seus cinco jogos da primeira fase, para alegria das calouras que fizeram um - pasmem - "picnic" ao lado da quadra. De resto, o Tímido Suquinho ainda ganhou um forte concorrente no cenário faquiano - os "Calouros" - que longe de terem a mesma elegância epistemológica e vernacular, demonstraram semelhantes habilidades balopédicas.


Created with Admarket's flickrSLiDR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário