quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Na final

Seleção comemora a la Sassaricando F.C.

Foi mais difícil do que o esperado, mas a seleção brasileira venceu a Rússia por 4 a 2, na manhã desta quinta-feira, no Maracanãzinho, e está na final do Mundial de Futsal, que será disputada neste domingo, às 10h30, diante da bicampeã Espanha, que também nesta quinta superou a Itália por 3 a 2 na outra semifinal do torneio.

A vitória nesta quinta-feira foi dramática, já que Ciço, Wilde, Marquinho e Schumacher machucaram-se no decorrer do jogo e sobrecarregaram os companheiros, que tiveram de ficar mais tempo em quadra. "Foi a hora de todo mundo se desdobrar. Tivemos um período de sufoco, com os quatro jogadores machucados, mas conseguimos nos superar", comentou Falcão.

No último FAC-GOL, as equipes também enfrentaram problemas de contusões e falta de jogadores. Com três atletas ausentes e dois machucados, os Amigos do Tirão perderam de 8 a 0 da Selefac ainda na primeira fase, resultado que os deixou de fora das semi-finais. A mesma Selefac se desdobrou e ganhou uma semi-final com apenas quatro jogadores em campo. Mas o destaque foi mesmo para o Nick, do Laranja Mecânica, o coringa da competição, que se dispôs a completar os outros times sempre que necessário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário