quinta-feira, 22 de maio de 2008

Estréia mediana

E o FAC-GOL 2008 começou com força total. Os times entraram em campo com fome de bola e disputaram cada lance como se fosse o último em uma final de campeonato.

Antes do primeiro jogo, muita emoção. Em homenagem ao Prof. José Ferreira, falecido na última terça-feira, foi respeitado um minuto de silêncio.

Depois, o pau comeu! Muitas entradas duras, reclamações exaltadas ao juíz Argentino, mas também belos momentos onde imperou o coleguismo e o Fair-Play.

Com os Amigos do Tirão não poderia ser diferente. O jogo de estréia contra a Seleção Canarinho marcou um dos momentos mais belos do torneio: as duas equipes entraram de mãos dadas e saudaram a torcida.

Infelizmente, mesmo jogando melhor, os Amigos do Tirão desperdiçaram várias chances e acabaram levando dois gols em contra-ataques fulminantes da Seleção Canarinho, o segundo, inclusive, sendo um golaço.

Mas a equipe não se abateu. No retorno à quadra, contra o Laranja Mecânica, o time mostrou muita raça e superação. Só a vitória interessava aos dois times, que se engalfiaram no jogo mais disputado do primeiro dia de competição.

Amigos do Tirão saíram na frente com um gol de Minero, numa falha impressionante do goleiro adversário. Mas após a mudança de lados na quadra, em um lance duvidoso, o goleiro Feto levou uma trombada e o Laranja Mecânica chegou ao impate. Os Amigos do Tirão botaram a faca entre os dentes e partiram pra cima do adversário até que o gol decisivo saiu. A partir daí foi só segurar o sufoco e a pressão do Laranja Mecânica, que também lutou até o final da partida.

Desta forma, Amigos do Tirão e Seleção Canarinho dividem a segunda colocação do Grupo B, sendo que os Canarinhos levam vantagem no confronto direto. Amanhã, o jogo mais difícil: contra os líderes, SeleFAC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário