terça-feira, 17 de maio de 2011

Zapping

Sob a proteção de sua eterna musa, Clara Campoli, o time mais briguento do FAC-GOL já está botando fogo nos preparativos do torneio. Sobram patadas para todos os adversários. Sem grandes novidades, os Ornitorrincos seguem na luta contra o Chicos. E contra o resto.

Os atuais campeões (uma vez que o torneio vencido pelos calouros não é reconhecido pela Liga) querem continuar como guardiões do Troféu Zé Ferreira. Mesmo sem os atletas que abandonaram a agremiação nos últimos anos, a equipe confia na tradição para levar mais um título.

Os arquirrivais dos Amigos do Tirão começam 2011 com um desfalque de peso. Byll anunciou seu desligamento da equipe e estaria em busca de um novo time que tope deixar de lado o esquema tático para jogar em função do artilheiro. Por enquanto, apenas um time enviou proposta ao jogador.

Los Chicos tampouco poderão contar com a mesma equipe dos campeonatos passados. Um dos jogadores-chave do time, Nei se perdeu neste vasto mundo sem deixar notícias, e agora los muchachos ajudam a movimentar o mercado em busca de alguém para cobrir esta lacuna.

Os calouros do Barcelombra vão tentar honrar a inspiração do time com a escalação do primeiro estrangeiro a disputar o FAC-GOL. E, lógico, só poderia ser um calouro intercambista espanhol, embora haja boatos de que o atleta na verdade tenha nascido em Catalão (GO).

Os alegres jogadores do time mais serelepe da FAC prometem arrasar este ano com a nova campanha "Joga, Bonito!". Os moços também buscam reforçar a retaguarda, e depois de muito teste do sofá estão prestes a anunciar mais um atleta para irmandade.

Dos escombros de equipes vencedoras e outras não tão memoráveis, nasce um novo time. Os Cuecas vêm com caras conhecidas como Preto, Dedé, Dricon e Catatau, mas prometem um elenco ainda mais competitivo. A lenda Ramires e o problemático Byll estão na mira do grupo.

Pela primeira vez disputando um torneio oficial, a calourada do Agrocom pode sentir o peso de jogar contra as camisas mais tradicionais da FAC em um campeonato de verdade. Já trocando de nome e escudo em pouco tempo de agremiação, a dúvida é se o time se firma na fase profissional.

Um dos times mais amados e odiados está de volta. Contra o uso de bermudas sem necessidade e pelo retorno do futebol cru: sem frescuras, sem dribles, sem chutes, sem passes. Tímido Suquinho é patrimônio do FAC-GOL!
 

Leiam o resto do blog, oras.

#ocampeaovoltou
 
 
 

3 comentários:

  1. Faltou outro desfalque no Laranja Mecânica: Flávio Botelho, que foi emprestado para a equipe dos ascensoristas da Torre Eiffel, de Paris, e retorna à equipe só em julho deste ano :P

    ResponderExcluir
  2. Tá faltando o Suquinho aí também.

    ResponderExcluir